quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Tipicas conversas de mulheres..

21:37

M: E a P. que nunca mais chega!
T: Já sabes como é que é. Não sai de casa sem aquela maquilhagem horrorosa.
M: Sinceramente...
T: Mas ela não tem um espelho em casa? Quer dizer, deve ter não é! Deve usar um para olhar para o que está a fazer..
M: Se calhar não! O desastre que é a maior parte das vezes. Ha ha
T: Olha, lá vem ela. E trás a pindérica da V. com ela.
P: Olá meninas!
T: Olá...
V. Oi!
T: ... tás tão gira, amiga!
P: Oh, é só um rimelzinho..
M: Fica-te muito bem. Qual é a marca?
P: Olha, é uma coleção nova da Sephora. Muito boa.
V: Meninas, tenho que ir à casa de banho.
T: Eu vou contigo. Peçam-me um café, por favor. V.?
V: Por agora só quero uma água.
M: Ok. Eu peço. Eu não quero nada ainda.


22:16

T: Então P., como estão as coisas lá no trabalho?
P: Ainda bem que perguntas que eu tava mesmo para vos contar uma coisa.
M: Quê?
P: Eu já vos tinha dito que desde que o D. foi despedido, que ficou ali aquele lugar vago. Então não é que a cabra da R., agora vai todos os dias de vestido e decote para o escritório?! E depois sempre que vê o patrão mais novo a ir beber um café, vai logo para lá, derreter-se para cima dele.
V: Mas ela não sabe que ele é casado?
P: Sabe! Mas achas que ela quer saber disso para alguma coisa? Ela quer é que ele lhe ofereça o lugar.
M: Será mesmo?.
V: Realmente... Que puta.
P: E puta é pouco. A gaja de certeza que andava metida com o D., antes dele ser despedido. Era vê-la a esfregar-se feita cobra pela mesa dele. Até metia nojo olhar para a gaja.
V: Mas ela não tinha namorado.
P: Tinha, não. Tem. Mas tá visto a espécie da menina. Mas olha que de parva não tem nada que se agarrou ao N., que não se importa de ser corno.
T: Ou então não sabe.
V: Qual não sabe? Sabe ele e sabe toda a gente. Ele é é um banana e um atadinho.
P: Ele e todos! Não há por aí um homem como deve ser. E os que há, estão agarrados a galdérias.
M: Meninas, tenho que ir à casa de banho. Alguma precisa de ir?
P: Eu não preciso, mas vou contigo.


23:58

V: ... se ao menos fossem assim todos tão giros..
T: Sonha, amiga. Um mundo cheio de DiCaprios.
M: Era muito melhor do que só feios. Já viram bem. Não há aqui um único gajo que se aproveite.
P: Ou então és tu que és muito esquisita.
M: Nem por isso. Eu não acho que seja muito pedir um gajo giro, alto, musculado, que seja inteligente, que me trate bem, que me dê prendas giras e que saiba respeitar o meu espaço e que me deixe andar à vontade sem andar atrás de mim feito uma carraça..
T: Isso queres tu e todas!
V: Olhem lá, quem é aquela?
P: É a namorada do C.
M: O C. também podia ter arranjado uma coisinha melhor. Já viram bem aquela roupa.
T: Parece uma desconsolada.
P: Oh, o C. já as escolhe a dedo. Assim sonsinhas para as poder enganar à vontade com outras.
T: Mas olha que eu também já ouvi aí uns zun-zuns que ela também não é assim tão florzinha, e que também anda metida lá com outros onde anda a estudar!
V: Ela tem que idade?
P: Deve ter prai uns 19.
V: Tão mas ele não tem já quase 30?
M: Tem 30 certos. Mas já sabes como é, querem-nas é novinhas. Os gajos são todos uns cabrões.
P: Opá, mas há por aí tanto cabrãozinho mais giro.
T: Olha o N. Anda com esta e aquela, elas sabem umas das outras mas caem lá todas.
V: Mas o N. é bom todos os dias e sabe como dar conversa a uma mulher. Tem a lábia toda na ponta da língua.
M: Já ouvi dizer que ele se ajeita muito bem com a lingua, já!
(risadinha geral)
T: Quem vem comigo à casa de banho?


00:49

T: ... sim, ela fala muito mas um dia ainda se vai dar mal.
P: É o mais certo. A fazer-se assim à descarada ao patrão, está mesmo a pedi-las.
V: Meninas, eu tenho que me ir embora. Combinei amanhã cedo ir ver de umas roupas com a minha mana.
P: Então assim, eu aproveito a tua boleia. Vocês ficam.
M: Sim, ficamos. Somos capazes de ainda ir ter com a A. e as outras à discoteca, ver se lavamos as vistas.
P: Ok, então assim até amanhã.
V: Beijinhos
T: Xau xau
M: Beijocas.
(...)
M: Viste bem como a V. vinha vestida. Aquele top era giro o ano passado.
T: Nem no ano passado era giro, quanto mais neste.
M: Depois queixam-se que não têm namorado e que nenhum gajo se interessa por elas. Não se sabem vestir, depois esperam milagres.
T: E aquela história da outra se andar a fazer ao patrão. Aquilo mais parecia ressabiamento do que outra coisa qualquer.
M: Pois claro que era! Tu já olhaste bem para ela? Já está nos trinta, sozinha, começou a engordar e aquelas rugas já não vão lá só com cremes. A outra é novinha e gira, tem mais é que fazer pela vida. E depois a P. anda aí roídinha de inveja.
T: Mas tu conheces a outra?
M: Conheço, não quis foi estar a dizer coisas à frente da outra, não fosse ela ficar toda ofendida.
T: Mas essa tua amiga anda a fazer-se ao patrão?
M: Claro que não. Calhou a estar com ele umas quantas vezes, mas mais nada de especial. Ela é é bastante simpática.
T: Então e lá a outra história com o D.?
M: Também não foi nada disso que se passou. É o que te disse. A P. está-se a ver a ficar para trás e acha que todas as outras são umas cabras.
T: Pois... Bem, vamos ter com a A.?
M: Sim, deixa-me só ir primeiro à casa de banho.
T: Eu vou contigo.

22 comentários:

  1. Respostas
    1. Ainda bem que não falhei muito..

      Eliminar
  2. É por coisas destas que estás solteiro!
    Este tipo de conversas não faz parte do meu conceito nem do das minahs amigas. Decididamente andas a dar-te com as mulheres erradas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se estou solteiro, é porque não me dou com mulheres. Ponto. :)
      E não deve ser só por causa disto que estou single and awesome e a espalhar magia e charme! :p

      Eliminar
  3. Assim de repente, salta à vista que as conversas entre homens são bem mais engraçadas. De qq forma, parece-me que estas, entre mulheres, andam um pouco - não muito - distantes da realidade. É normal que não te apercebas...lol...A cena do wc está claramente exagerada ou então conheces muitas moças incontinentes...!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, exagerei propositadamente na parte das idas à casa de banho. Era mesmo para mostrar que vão sempre aos pares, mesmo quando uma não precisa de ir. :)

      Eu sei que isto não será o que realmente se passa, mas amanhã explico tudo melhor.. :)

      Eliminar
  4. ... sempre disse que não sou gaja...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já há cirurgias para isso.. :)

      Eliminar
  5. Principal e talvez única diferença.
    Os Homens dizem tudo uns aos outros e ainda se riem disso.
    As mulheres falam nas costas, e se descobrem algo que a outra disse está o caldo entornado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, passa muito por aí.
      Amanhã será dia de explicar esta brincadeira toda. :)

      Eliminar
  6. Mas que gajas é que tu conheces???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Poucas. :)
      Mas gosto de ficar a ouvir as conversas delas.. :p

      Eliminar
    2. Chata, ia perguntar o mesmo.

      Eliminar
    3. Lia, preferia que me dissesses que tinhas amigas para me apresentar! :)

      Eliminar
  7. AHAHAHAHA eu e a minha melhor amiga tratamo-nos de "baca" para cima e dizemos coisas simpáticas uma à outra do género "no dia em q compraste essa camisola devias estar bebeda" ou "essas calças fazem-te um cu do outro mundo"... mas vamos à casa de banho juntas, admito!!! :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. És do norte, isso basta! :D

      Eliminar
  8. estas "gajas" são do piorio, nem eu tenho paciência para elas;)
    Estou a ver que tenho que te apresentar umas "gajas a sério daquelas que à casa de banho só acompanhadas por "gajos".
    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, sim! Apresenta! :)
      Eu não me importo de acompanhar quem quer que seja à casa de banho! :p

      Beijinho

      Eliminar
    2. Quem quer que seja...?
      Beijinho

      Eliminar
    3. Vá, quem quer que seja, ponto e virgula. :)
      Também tenho os meus padrões! :)

      **

      Eliminar
  9. Pronto nao resisti, tive que seguir o teu blog.
    http://claudiapersi.blogspot.ca

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá e obrigado, Claudia! :)

      Eliminar

Não é por nada, nem quero influenciar ninguém, mas diz que quem comentar neste blog, é uma pessoa espetacularmente espetacular!