sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Um mal nunca vem só..

Como não tenho estado com a CD e ela nem me tem dito nada, tenho aproveitado para fazer outras coisas que também são necessárias à minha sobrevivência, entre as quais, trabalhar.

E diz que agora, aqui na secção, temos um trabalhinho mesmo daqueles espetaculares. Daqueles que demoram 2 semanas a serem feitos e que o patrão diz que "tem que sair impreterivelmente até ao final do mês!". Isso é tudo muito bonito e até seria minimamente exequível se o trabalho nos tivesse chegado às mãos com alguma antecedência e não apenas no dia 27 de presente mês.

Pois que já toda a gente sabe que o universo conspira in mysterious ways, mas tem pouco de misterioso porque normalmente é sempre para nos lixar a vida. E já toda a gente ouviu falar nas leis de Murphy, certo? E já toda a gente sabe aquela de "se uma coisa que estiver a correr mal, puder ainda correr pior, vai mesmo correr pior", certo?

Estava eu a trabalhar, descansado (mas atarefado) da vida, a fazer os possiveis para que o trabalho esteja pronto a tempo e horas e ninguém possa dizer que a falha foi na nossa secção, quando o icon da seta do rato deixa de ser uma simples seta e passa a ter uma bolinha verde, aquela que aparece quando o computador está a pensar. Eu esperei, e esperei, e esperei e evitei ao máximo clicar ou teclar o que quer que fosse. Ao fim de um minuto que pareceu 2horas, carreguei na tecla ESC, e vi aparecer aquela mensagem espetacular e que todos adoramos "O computador não está a responder.". Escusado será dizer que o meu coração parou e todo o sangue que eu tinha saiu-me do corpo e ficou no chão a desenhar um smile maléfico. Chamo o informático para resolver o problema e depois de ele clicar no rato e numas quantas teclas virou-se para mim e perguntou-me se eu já tinha salvo o que estava a fazer. Disse-lhe que de vez em quando salvava, mas que não o devia fazer há algum tempo. E foi então que ele me disse "Então temos pena, que isto só mesmo forçando o shut down.".

Eu sou sincero, senti umas lágrimas a aflorarem-me aos olhos. Depois de reiniciado, fiquei a saber que tinha quase metade de uma amanhã de trabalho perdida e se estávamos atrasados, isto não ajudou em nada, nada! Resta-me tentar parar de solução e fazer os impossíveis para não ter que vir trabalhar no fim de semana.



2 comentários:

  1. Anónimo23:01:00

    Isso é muito mau! Eu como sou designer tenho o vício de estar sempre a salvar o trabalho, quando isso acontece raramente perco muita coisa.
    Boa sorte para não trabalhares no fim de semana : )
    Comigo foi na quarta, tive que entregar um trabalho enorme em tempo record até às 23h! Stresssss

    ResponderEliminar
  2. mete lá o gravar automaticamente de 3 em 3 minutos, vá!

    ResponderEliminar

Não é por nada, nem quero influenciar ninguém, mas diz que quem comentar neste blog, é uma pessoa espetacularmente espetacular!