quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Ontem à noite, em casa dela..

Ontem, tal como combinado, depois das aulas fui ter com ela. Quando eu lhe disse que estava já a estacionar, ela ainda me pediu se eu não me importava de ir ao McDonald's para lhe comprar um Happy Meal. Fui e aproveitei para comprar um Big Mac para mim. Com isto já passavam das 23:30 quando finalmente entrei em casa dela. Fomos para a sala e quando lhe estendi o Happy Meal disse-me que já não tinha fome, que eu tinha demorado muito e que ela entretanto tinha comido um pão com manteiga e bebido um iogurte liquido de morango e banana, mas que comia aquilo amanhã ao almoço.
Eu comi o meu hamburger e fiquei a olhar para ela enquanto ela estava sentada no sofá a ver a Casa dos Segredos. Quando terminei fui sentar-me ao lado dela, mas ela estava tão concentrada na tv que nem deu conta disso. Só passado dois minutos e depois de eu lhe pedir se também me podia tapar com as mantas é que ela falou. Senti-a um pouco seca para comigo, mas sei que ela gosta muito de ver aquele programa e que devia ser por isso.
Perguntei-lhe como tinha sido o dia dela e porque é que não tinha dito nada durante o dia todo. Disse-me que tinha sido normal, que tinha lá estado o gajo da Meo de novo, que demorou até meio da tarde e que depois tinha ido ter com um amigo do Porto, que tinha vindo a Lisboa. Perguntei-lhe quem era o amigo e ela disse que era um que tinha conhecido quando esteve a estudar na universidade. Surpreendido por esta revelação de que tinha andado na universidade, perguntei-lhe sobre o curso e ela disse que tinha desistido ainda antes do primeiro semestre acabar, mas que, mesmo assim, tinha feito muitos amigos. Contou-me isto tudo sem tirar os olhos do ecrã. Gabo-lhe a capacidade de conseguir dar atenção a várias coisas ao mesmo tempo.
Entretanto, estava a tentar arranjar um relógio despertador dela, deixo cair a chave para debaixo do sofá e quando a vou apanhar reparo que lá estavam uns boxers de homem. Vi que não eram meus e perguntei-lhe de quem eram. Ela ficou a olhar para mim a abrir e a fechar a boca e de olhos muito abertos e depois lá me disse que eram do gajo da Meo. Que quando ele estava lá de volta do aparelho e a ver a entrada do cabo, que ela tinha passado por trás dele, com uma chávena de café com leite e que lha tinha entornado por cima. Como aquilo estava muito quente, ele tirou a roupa e foi passar-se por água, despindo-se logo ali na sala e que era por isso que os boxers ali estavam. Eu compreendo. Toda a gente sabe que estes gajos quando estão a trabalhar, de gatas, ficam sempre a mostrar metade do rego e que deve ter sido bastante doloroso ter leite quente a escorrer-lhe até aos tomates. Ela disse-me que ia avisar o gajo para ele lá ir buscar os boxers. Eu disse que era melhor porque aqueles boxers pareciam-me impecáveis, ainda sem terem o elástico roto e sem marcas de sujidade na zona do rabo.
Quando o programa acabou fomos para a cama. Eu comecei a passar-lhe a mão pelo corpo e a tentar tirar-lhe o pijama, mas ela estava um pouco relutante e sem me dar grande troco. Depois de mais um beijo sem resposta, perguntei-lhe se estava tudo bem e ela disse-me que não. Que estava cansada, que lhe doía um pouco a cabeça e que ainda estava chateada comigo por ter duvidado dela sobre a possível gravidez e os sentimentos dela por mim. Virou-me as costas e não em disse mais nada. Acho que tenho que começar a confiar mais nas pessoas para evitar situações como estas.

12 comentários:

  1. AHAHAHAHAHAHAH! Tens aí uma relação para a vida, Musta!

    ResponderEliminar
  2. (Que riso!)

    Ai Mustache, que a C.D. ficou mesmo amuada... Olha que é preciso ter azar: nunca ouvi falar de alguém que tivesse entornado café em cima do gajo da Meo e este tivesse que despir os boxers... Que cena mais estranha.

    ResponderEliminar
  3. Eu percebo. Desabituado a relações sérias, não confias. Parece-me uma jóia de pequena. Solícita, amiga do seu amigo. Vais ser tão feliz...

    ResponderEliminar
  4. Epá.... MEO amigo... não habia necessidade :P

    ResponderEliminar
  5. Anónimo12:55:00

    E a saga continua...

    ResponderEliminar
  6. Diria que isso é amor de verdade. A ver se confias na menina Mustache, porque ela merece!

    ResponderEliminar
  7. Por uma questão de segurança, talvez seja melhor seres tu a entregar os boxers ao rapaz da MEO =P

    ResponderEliminar
  8. Eu casava já.. séria como ela é, deve estar amuada contigo por ainda não teres falado no assunto. E deve ser muita confusão para aquela cabecinha cheia de X's pensar em trazer ao mundo um rebento sem estar devidamente abençoada pelo Senhor lá de cima..

    ResponderEliminar
  9. Estou a ler isto e a pensar que vim parar à página do Facebook do Jorge Daniel.

    Tu não precisas disto Mustache!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Filipan23:21:00

      Pensei exactamente a mesma coisa. Se o Jorge Daniel engatasse de facto.

      Acho é que o Mustache anda muito ingénuo depois de tanto desgosto amoroso. Mas quem sabe, talvez seja desta!

      Eliminar
  10. Diz-me estás a tentar ter piada? :)))

    Beijinho :)

    ResponderEliminar
  11. Vocês estão perfeitos um para o outro!

    ResponderEliminar

Não é por nada, nem quero influenciar ninguém, mas diz que quem comentar neste blog, é uma pessoa espetacularmente espetacular!