terça-feira, 14 de maio de 2013

Então e uma mini?

Minis para mim, só se forem as saias! De preferência podem ser daquelas que só tapam metade do rabo! E que seja a parte de cima do rabo que tape, porque se há coisa que eu gosto de ver, é ali a junção das coxas com as nádegas... (it makes me happy in my pants)
Já aquelas que toda a gente gosta de beber fresquinhas no verão, bem geladas, ali a acompanhar uns caracoles ou uns tremoços ou simplesmente a acompanhar outra mini, eu não as bebo!
E não as bebo, não por achar que mini é bebida de gaja, e hóme que é hóme bebe média! Nada disso! Pasmem-se meus amigos e minhas amigas e outros que tais, segurem os vossos queixos e não os deixem bater no chão, sustenham as vossas exclamações de horror e acima de tudo não tenham pena de mim, por eu... eu........

....eu ser alérgico à cerveja!!




Sim, é isso mesmo.. Alérgico ao que muitos gostam de chamar de "Nectar dos Deuses".

Estavamos num verão quente de 1998 (ok, não faço ideia se estava quente, mas assim a história tem mais impacto), quando numa das saidas com o meu pai, num sabado à tarde (sim, eu quando tinha 14 saía com o meu pai), fomos até ao café para ele beber umas jolas e petiscar com os amigos e eu aproveitar para ele me pagar um gelado.. (yah, mesmo à machão!) Depois de comer o EPÁ e começar a mastigar as pastilhas, que na altura eram o melhor daquele gelado, o meu pai perguntou-me se eu queria mais alguma coisa:

Pai (voz grossa): Tão olha lá, queres mais alguma coisa?
Eu (voz esganiçada de catraio de 14 anos com acne e óculos): Não sei...
Pai: Tão quem é que sabe? Não queres uma cerveja, anh? Uma traçada! Cerveja com 7Up.. Queres?!
Eu: aaaaaaaa... (voz muito trémula e a desmaiar) pode ser...

E foi aqui que tive o meu primeiro contacto com a cerveja! Verdade seja dita, aquilo não me soube a nada de especial.. Bebi, calei, fui mijá-la, e passado algum tempo comecei a sentir-me esquisito, com impressão na garganta, comichão pelo corpo, sensação de cara inchada.. mas nada de muito grave, e pensei cá para mim mesmo: "AAHH Isto é que deve ser a sensação de me tornar um homem!".. Mas tava enganado, aquilo não era eu a tornar-me homem, porque passado duas semanas masturbei-me pela primeira vez e percebi então a verdadeira sensação de ser homem..

Mas aquilo nunca me saiu da cabeça, aquela sensação de mau estar que tive após ingerir aquele liquido cor de xixi, com borbulhas como o xixi, só que fresquinho como o xixi não é.. e nunca mais bebi nenhuma. Corria então o ano de 2002 (acho que era 2002, pelo menos já tinha a carta de condução) e aqui este menino, sempre popular entre as camadas dos jovens, continuava a acompanhar o papá nas suas saídas, se bem que desta vez, foi para ele poder beber à vontade e eu trazer o carro, visto que a beber alguma coisa era coca-colas, e na altura, estar cheio de gases não dava multa caso a policia mandasse encostar. Só que desta vez não fomos ali ao café da esquina! Ai não fomos não senhor! Somos até à Malarranha... à concentração motard e... ver o belo do striptease!! oooh yeah boobies!!
Ora, estavam lá amigos meus, e depois do meu pai ter ido ter os cotas da idade dele, não antes de me dar uma nota de 5€ e ter dito "agora gasta-a toda..", eu segui festa dentro com os da minha idade. E já que era dia de festa, e na loucura de ver soutiens a voarem pelos ares, pensei cá para comigo "isto se calhar até já posso beber uma cerveja, que aquilo foi reação a outra coisa qualquer..", e assim fiz, mandei a minha segunda coca-cola para o lixo e pedi uma imperial! E toca de a beber.. e toca daquilo me saber mal co'má merda.. E só consegui beber metade de um copo de 20cl..

Mas noite continuou louca - com muitas mamas a aparecerem à frente dos meus olhos, e desconfio até hoje, que ainda consegui ver um cadito de um pipi -, até que o meu pai me ligou para irmos embora. Fui ter com ele, metemo-nos no carro e lá vamos nós a caminho da caminha. Durante a viagem, comecei a sentir de novo aquela sensação estranha na garganta, estava sempre a pigarrear e ia tão desconfortável, que a dado momento, até desliguei as luzes do carro em vez de ligar o pisca. O meu pai ia meio grogue mas reparou, perguntou o que foi aquilo e eu disse que tava tudo bem, apenas não tava habituado à manete. Chegámos a casa e fui para a cama. E cada vez me sentia pior.. era comichão pelo corpo todo, era dores no peito, era a cara e as orelhas que pareciam que estavam prestes a rebentar.. Levantei-me e fui à casa de banho ver o que se passava.. Olhei-me ao espelho e !!horror!!, a minha cara quase que tinha o dobro do tamanho, tinha babas pelo corpo do tamanho de panquecas e estava mais vermelho que a música da Fáfa de Belém (vejam o video, é muita droga naquela cabeça!)! Corri para o quarto dos meus pais, bati à porta, tentei falar e... não tinha voz! Os meus pais lá se aperceberam que estava qualquer coisa a raspar no lado de fora da porta, acordam e veem dar comigo naquele lindo estado. O meu pai agarra em mim, leva-me até ao centro de saúde, sou atendido de urgência, o médico pergunta-me o que é que eu tinha bebido, eu disse que uma coca e meia imperial, ele olhou para mim como quem diz "pois, bebeste só isso e eu por baixo da bata estou todo nú", baixou-me as calças, espetou-me uma injeção nas nádegas, fiquei ali uns minutos e depois mandou-me ir dormir.

E pronto, desde esse dia, nunca mais aqui o Mustache meteu o bico em qualquer tipo de cerveja! Nem branca, nem preta, nem de limão, nem uma marca, nem outra, nem nada! Simplesmente retirei aquele produto da minha vida. Nunca fui fazer os testes das alergias para saber o que era, apenas pus de parte. Engraçado é poder beber sangria mesmo que tenha cerveja que não me faz mal nenhum... ou o molho da sapateira... ou o molho dos bifes da Portugália... Não faço ideia porquê, só sei que a única coisa que me dá uma sensação parecida com a da cerveja, são os chocolates Maltesers, que por via das dúvidas, também exclui para sempre.

E é isto.. Depois desta história e da história de ontem sobre o tabaco, já podem concluir que:

Não bebo, não fumo, e o coise já teve muito melhores dias!

Eu quando me vi ao espelho.. só não tinha lá o outro pessoal atrás..

32 comentários:

  1. Deves ser um tipo infeliz :p
    Ao menos pinas?? ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho os meus momentos de felicidade! :)

      Sobre pinar, epá, falemos disso noutra altura...
      These are dark days and lonely nights..

      Eliminar
    2. Isso vai lá. Agora caracóis com cola...? Assim ninguém te quer :p

      Eliminar
    3. Pronto, às vezes troco a cola por um verde bem bem fresquinho! ;)

      Eliminar
    4. Já tenho menos pena de ti ;)

      Eliminar
    5. Ou um bom Rosé..
      Na tenhas pena.. o único álcool que aqui não entra é mesmo a cerveja! :D

      Eliminar
  2. Devias fazer testes, saber ao certo o que é, porque pode ser um constituinte da cerveja que esteja presente numa comida e um dia vais ter problemas.
    Eu então, só não bebo porque não posso. No verão, com uma caracolada, é a minha perdição. xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas tirando cerveja pura, nunca tal me aconteceu.. e mesmo misturada em sangria e tal, não me afeta.
      Com os caracois, lá tem que ir a bela da cola! hehe

      Eliminar
  3. Eu não bebo cerveja porque não gosto do sabor!!
    Mas devias fazer os testes.. sempre ficavas a saber ao que eras alérgicos. 20 picadas nos braços não é nada!! Home que é hom aguenta lol :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também não gostei muito do sabor não..
      O que também nunca me levou a fazer os testes. Se tivesse ficado perdido de amores pelo sabor, até era home para levar 40 agulhadas! :D

      Eliminar
  4. Depois de ler todo este maravilhoso texto só me apraz dizer: O QUÊÊÊ??? ALÉRGICO A MALTESERS? impossível! xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. hahahaha sim, não os como porque me sinto tal como na cerveja, sendo que o principal sintoma dos Maltesers é comichão nas palmas das mãos! :D

      Eliminar
  5. Ao menos sabes ou suspeitas o que é... Estamos a brincar mas isso pode ser muito grave. Eu sei porque já me aconteceu e mesmo depois de ter feito montes de exames e análises, não se sabe o que é :(
    É assim, vivo no perigo, uhuhuh, grande maluca :)
    Deixa lá, podia ser pior se fosse alergia a um alimento que adores.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, suspeito que seja a cerveja! :D
      Mas tu também ficas mal ao beberes cerveja, e mesmo assim continuas? (não estou a falar beberes 4 litros de cerveja por noite.. lool)

      Yah, imagina eu ser alérgico a Tulicreme!!

      Eliminar
    2. NÃO! A alergia apareceu e não foi associada a qualquer alimento ou outra causa. Não se sabe.

      Era pior se fosse Nutela :)

      Eliminar
    3. Fiquei a pensar que tinhas bebido cerveja, tido reação alérgica, feito os testes e ter dado inconclusivo..

      Tulicreme 4EVER!! :D
      (Nutela é muito mainstream e não é tuga..)

      Eliminar
  6. Deve ser muito triste não poder beber uma cervejinha fresquinha :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como o sabor não me agradou muito, nem me sinto muito marginalizado. Vai de cola ou tinto! :D

      Eliminar
  7. Pelo que dizes, talvez sejas alérgico ao malte. E é capaz de haver por aí cervejas sem malte (já há quase de tudo sem quase tudo...)... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. olha, e não é que pode ser mesmo!! no wikipédia até falam dos Maltesers e tudo!
      Foi preciso vires aqui uma vez e resolveres a duvida! :D Obrigado!
      Mas acho que mesmo assim, não vou andar à procura de cervejas sem malte (depois ainda passo por maricas, com aaah e tal olha o maricas alérgico ao malte..)

      Eliminar
  8. Respostas
    1. É verdade.. a juntar a tanta coisa má que tenho (ver mal, ouvir mal), parece que esta é mais uma.. :(
      Enfim, haja muito sumo para beber! :D

      Eliminar
  9. Epá lamento por ti, para mim a cerveja é a minha bebida alcoólica preferida. De Verão então escorrega que é um mimo, em qualquer altura (vá, de manhã não xD). Mas sobretudo a acompanhar uma mariscada ou caracolada :D

    Btw, f*da-se só aos 14 é que te masturbaste Mustache? Too late, my friend xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não lamentes, que também gosto de acompanhar as petiscadas com um bom tinto alentejano, ou se for uma mariscada/caracolada com um vinho verde gelado! :D

      Não sei se isto vai abonar a meu favor ou não, mas as primeiras vezes que o fiz, o melhor que consegui foi mijar! Só passado umas vezes é que foi outro tipo de ejaculação!! hahaha

      Eliminar
    2. Ahahah epá nas primeiras vezes não me saiu nada xD mas iniciei-me mais cedo xD

      Eliminar
    3. ahahaahahahaahahaahahahahaahaahah
      é só o que consigo fazer nbeste momento, rir!
      hahahaahahaha

      Eliminar
  10. hahah o k me ri, és mesmo menino

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ao menos fiz-te rir! O que não é mau de todo :)
      De resto, chamarem-me menino por causa de não beber cerveja, já me chateou, hoje enquanto os meus amigos bebem aquela bebida parecida com xixi, ou peço um Cardhu ou um Dimple, e enquanto eles atraem as catraias, eu atraio as mulheres.. ;)

      E bem vinda, Eve! :D

      Eliminar
    2. atrais mulheres com bebidas? mustache mustache, tenho de te ensinar umas novas...

      Eliminar
    3. bem, dito assim parece que as ando a embebedar para me safar! haha
      Mas sou gajo que gosta de estar sempre a aprender, por isso, tás à vontade para ensinar! ;)

      Eliminar

Não é por nada, nem quero influenciar ninguém, mas diz que quem comentar neste blog, é uma pessoa espetacularmente espetacular!