quarta-feira, 11 de julho de 2012

Músicas que inspiram (mas pouco)

Agora que os Srs Médicos e Sras Médicas já estão em greve e eu ja falei disso, está na hora de falar de outra coisa pela qual as pessoas deviam sair para a rua e lutar com unhas, dentes, paus, ferros e outras coisas, para que terminassem!

Nomeadamente, as músicas do Boss AC!

Começamos logo pelo nome! Boss!!
Faz-me lembrar uma ideia que um amigo me deu. Ora, uma vez que não tenho Relvas no nome, e o meu primo Socrates agora já não está por estas bandas, e como curso superior é coisa que não me assiste (ainda), faria todo o sentido eu ir ao registo civil e pedir para acrescentar um primeiro nome..

- "Bom dia! Eu vim aqui para acrescentar um primeiro nome."
- "Pois muito bem. Qual o seu actual nome e qual quer acrescentar?"
- "Eduardo, e quero acrescentar no ínicio Doutor."
- "Ora com certeza! Vamos já tratar disso Sr. Eduardo."
- "Doutor, trate-me por Doutor Eduardo!"

E depois era eu ir para tudo o que é sala de espera, e aguardar que me chamassem pelo comunicador: "Pede-se a comparência do Sr. Doutor Eduardo ao gabinete 4!"

Assim está este senhor, que decidiu apelidar-se de Boss, só por uma questão que só ele deve saber.

E depois temos as músicas... Se aquela de nome "Sexta-feira" só devia passar nesse dia, e fala de dificuldades em arranjar emprego e dinheiro (coisa que certamente, ele desconhece), surge este novo hit:

Tu és mais forte



"Tu és mais forte e sei que no fim vais vencer
Sim, acredita num novo amanhecer
Não tenhas medo, sai à rua e abraça alguém
E vai correr bem, tu vais ver

Tu mereces muito mais
És forte, abanas mas não cais
Mesmo que sintas o mundo a ruir
Quando as nuvens passarem vais ver o sol a sorrir
A estrada não é perfeita
Apenas uma vida, aproveita
Só perdes se não tentares
E não desistas se falhares
O que não mata engorda
Torna o teu sonho real, acorda
Limpa as lágrimas e luta
Segue o teu caminho e escuta
A voz dentro de ti
As respostas que procuras, dentro de ti
Acredita em ti que tu és
Mais forte e tens o mundo a teus pés"


Leram?! Mas leram mesmo bem?!


Digam lá se a primeira coisa que vos vem à cabeça não são as carradas de fotos com frases ditas inspiracionais que invadiram o facebook e que sempre que vejo alguma só me dá vontade de esmurrar quem as postou!! E quando ouço esta música na rádio, só me apetece agarrar num arame e furar os timpanos! Começo a sentir crescer dentro de mim, um ódio quase tão grande como o que sinto pelo Sr. Dr. Sexólogo Psicólogo Sociologo Quintino Aires!

Que é feito da boa música portuguesa? Será mesmo isto o melhor que temos? Ou será isto, apenas o que é mais comercial e mais vende?

Beijinhos

3 comentários:

  1. Sr. Eduardo (deixemos o Dr. para quando for doutorado), tenho de discordar com este post. Esta nova música não é de facto brilhante, mas um artista não se mede numa música. Aconselho-te a ouvir, por exemplo, "Que Deus?" (http://www.youtube.com/watch?v=VSTGhKsvqkE). E a música "Sexta-feira" tornou-se um "hino" por algum motivo... Está uma sátira interessante do estado actual da Nação.
    Quanto à escolha do nome, epah se o Bruce Frederick Joseph Springsteen pode ser o "Boss", porque é que o Ângelo César não pode ser o Boss também?! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. em primeiro lugar, nem Sr. nem Dr. :) podes chamar-se só Eduardo ou Ed :)
      em segundo lugar, eu sei que este jovem já fez trabalhos bem mais interessantes, e gosto bastante dessa música "Que Deus?".. só tenho pena que muitos artistas se deixem vender e acabem por sair de um caminho que lhes dava algum prestigio! Lá por ter tido um bom passado, não quer dizer que tenhamos que perdoar o mau presente. Sim, marcou a música em portugal, talvez até tenha iniciado o movimento hip-hop em portugal, mas o que faz actualmente, é muito, muito fraquinho..
      Ora o Sr. Bruce Springsteen, dizem as más linguas que é conhecido a nivel mundial, e o Sr. Angêlo César se calhar nem deve ser conhecido no pais onde nasceram os pais dele. há uma diferença de estatuto que permite a um escolher uma alcunha fixe e ao outro nem por isso.. :)

      Eliminar
    2. A questão é que não é o que faz actualmente, mas tão somente o último single que lançou. Não vejo falta de qualidade na música anterior (Sexta-feira).. A sonoridade é divertida, a letra está inteligentemente ambígua e respeita as origens do hip hop (música "de rua" com forte componente crítica).

      Estatuto! Voltámos à parte em que se revelam os teus estereótipos e preconceitos, portanto nada mais há a dizer sobre o assunto! :)

      Eliminar

Não é por nada, nem quero influenciar ninguém, mas diz que quem comentar neste blog, é uma pessoa espetacularmente espetacular!