segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Nem mesmo depois de morto..

Acredito que há momentos em que não fazemos o que nos é normal para podermos presenciar momentos realmente diferentes.
Sábado, quase 14h, portagens da ponte Vasco da Gama. Como ia com o carro cheio com uma mesa e 4 cadeiras, decidi ir mais devagar do que o habitual e não ultrapassar um carro que ia à minha frente. Normalmente não gosto de ir atrás de certos tipos de carros: camiões (porque me tapam a visibilidade toda), carros da policia (vão sempre a pastelar!) e carros funerários (penso sempre que é um mau presságio). Pois que à minha frente ia um carro funerário. De qualquer maneira, e como a portagem estava a pouco mais de 200metros, não o ultrapassei nem mudei de faixa para ir para outra cabine.
Pára o carro funerário e eu atrás dele. E ele continuou parado e eu nem sequer via o condutor a esticar o braço para pagar a portagem. Mais algum tempo que passa e vejo a porta do passageiro a abrir. Sai de lá um gajo que me faz um sinal a pedir desculpa pelo tempo que estão a demorar. Abre a porta traseira do carro e começa a olhar lá para dentro. Olha e re-olha, até que entra. Olha mais um pouco até que finalmente abre o caixão, enfia lá o braço e tira de lá uma carteira. Fecha caixão, salta cá para fora, fecha porta, faz-me novo sinal de pedido de desculpa, entra no carro, faz-se o pagamento e lá arrancam.
Sinceramente, não consegui ver se estava alguém dentro do caixão. Espero que não estivesse e que apenas se tenham esquecido da carteira lá dentro e que não tenham ido sacar o pagamento da portagem ao defunto. Ou vai daí, a portagem faz parte do serviço e lá por um gajo estar morto, não é desculpa para não se pagar aquilo que é devido.


15 comentários:

  1. Macabro, chiça!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou pensar que não estava ninguém dentro do caixão..

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Ou então era algo simbólico, tipo pagar para entrar no céu.. :p Mas ainda tem que pagar cá ao nosso Estado! :p

      Eliminar
  3. Ahahhahahahahha, não acardito :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Juro! Estive para filmar e tudo, mas fui completamente apanhado de surpresa e até fiquei a bater mal... :)

      Eliminar
  4. Isso é fucked up! :(

    ResponderEliminar
  5. Eh pah, que cena estranha....

    ResponderEliminar
  6. LOL! Fazes humor de uma situação tão insólita que não acreditei que te tenha acontecido!

    Mas lamento colocar um balde de água fria na tua "fantasia" do morto que paga portagem... É que nunca ouvi falar de ninguém que tenha ido para o caixão com carteira e dinheiro eheheh!

    Os familiares "rapam" tudo. Se não o fizessem, os tipos da própria funerária se encarregariam disso. Agora MORTO eem caixão COM DINHEIRO e carteira? Não me parece... :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há coisas que contadas, ninguém acredita, mas lá que aconteceu, aconteceu.. :)

      Pois, ainda nunca tive que meter uma pessoa dentro de um caixão, por isso não sei se levam uma notita para entregar ao São Pedro ou não.. :)

      Eliminar

Não é por nada, nem quero influenciar ninguém, mas diz que quem comentar neste blog, é uma pessoa espetacularmente espetacular!