sexta-feira, 26 de junho de 2015

Gatos, gatinhos, gatões... e gatinhas.

Podia falar daquilo do gato lá para a zona dos bois transmontanos, mas não o vou fazer. Até porque vi o video e o gato escapou, fugindo a tal velocidade que até deixava fumo atrás de si. Assim, como tudo acabou em bem, posso falar de outros gatos.

Ontem, no final do dia, decidi ir dar a minha corrida habitual. Saí de casa e dei a volta de forma a passar na Quinta das Conchas, para ver o ambiente da festa que iria acontecer à noite, porque tem bebedouros e porque é um sitio sempre cheio de pessoal a fazer exercício ou, simplesmente, a passear. Foi quando estava numa zona de terra batida que os vi, 100metros à minha frente. Dois gatos - altos, esguios, de calções e barba por fazer -  a caminharem lado a lado e a darem cerejas na boca um do outro. Nada de extraordinário, nem nada contra. Cada um faz o que quer e, se as cerejas estivessem quentes, o máximo que pode acontecer é apanharem uma dor de barriga. O único problema é que iam lado a lado, bloqueando a estreita estrada, ladeada por pequenas árvores e arbustos. Felizmente, ouviram os meus passos e um deles dá uma corrida para se desviar, ficando os dois a olhar para mim. Quando passo por eles, digo "Obrigado, rapazes!". E não pude deixar de olhar para trás e sorrir quando um deles responde "Nós é que agradecemos por nos mostrares essas pernas!". Confesso que fiquei com o ego lá em cima, porque me tenho esforçado no reforço muscular e, ao que parece, os resultados já são visíveis.

Continuei e passado umas centenas de metros, deparei-me com duas gatinhas sentadas num banco, não num ritual de alimentação, mas quase num ritual de canibalismo. Mais uma vez, nada contra! E já que estavam numa de comer linguado, pensei que pudessem querer também provar um prato de carne, tipo, um naco como eu. Inspirado com o que me tinham dito 2 minutos atrás, parei perto delas. Despi a tshirt e comecei a fazer uns alongamentos, sempre fixando-as nos olhos e fazendo a minha cara mais sexy. Resultou tal com eu pretendia! Passado 2 minutos, olharam para mim, chamaram-me nojento, levantaram-se foram-se embora, e eu pude sentar-me no banco e descansar um pouco antes de voltar para casa.


8 comentários:

  1. Já te elogiam e tudo? Tu faz atenção contigo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até se me encheu o peito quase até rasgar a tshirt!

      Eliminar
  2. Basicamente és um "estraga-fodas" haha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estava mesmo a precisar de me sentar! :D

      Eliminar
  3. O gato do vídeo safou-se mas talvez a outros o mesmo não tenha acontecido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A senhora diz que já usam o mesmo gato há 3 anos! :D

      Eliminar
  4. Ahahah confessa, ficaste esperançado com um menage-a-trois :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O par que eu queria não era o mesmo que me queria a mim.. :D

      Eliminar

Não é por nada, nem quero influenciar ninguém, mas diz que quem comentar neste blog, é uma pessoa espetacularmente espetacular!