terça-feira, 28 de maio de 2013

Sem titulo


Estou triste.. Triste e sozinho.. Triste, sozinho e desiludido..
Tenho tanta coisa para fazer, tantos trabalhos para entregar, tantos prazos a cumprir, tantas metas para atingir, tantas responsabilidades que não posso esquecer.. E tão pouco tempo para tudo isto..
Sinto o peso sobre os meus ombros, só nos meus.. E pesa muito.. Tanto que me sinto quase a quebrar.. A deixar-me cair no chão e desaparecer terra abaixo, empurrado pelo seu peso.. Ao menos assim, poderia enfim descansar, poderia repousar o corpo, deixar de lutar por manter o universo num ritmo que não é o seu..
Desacelerar.. Preciso desacelerar.. Preciso parar, ter tempo para pensar, ter tempo para dar um passo de cada vez, em vez de andar a saltar a pés juntos. Deixar que os batimentos baixem de ritmo, que as pulsações voltem a bombear o sangue calmamente, que a calma se volte a instalar.
Calma. Preciso acalmar o corpo, sossegar a mente, dar paz à alma..
Alma. Esse espirito que habita o corpo, corpo esse que se sente abandonado.. Só a companhia desse espirito já não é suficiente.. São precisos mais espiritos, mais corpos, mais almas.. Não todos as almas de todos os corpos com todos os espiritos.. Apenas o certo.. Mas o certo é incerto, e a incerteza uma das maiores certezas da vida..
Vida. Sinto-a a passar por mim.. Às vezes longe de mais para a conseguir sentir, para a poder apreciar, saborear, tocar, envolver-me nela.
Envolvência. Sinto a sua falta.. De me envolver com outro corpo, de me entrelaçar com outro espirito, de viver com outra alma. De sentir ao meu lado outro calor que não o dos cobertores durante a noite.
Noite. É durante a noite que tudo é mais dificil, que tudo se torna mais pesado, que tudo se torna mais real. É durante a noite que, no escuro do quarto e no silêncio só cortado pelo suspiro, que o cérebro se perde na imensidão da imaginação.
Imaginação. Imagino-me noutro lugar, noutro tempo, noutro estado de espirito.. Não sozinho, mas acompanhado.
Companhia. Sinto falta de companhia. Não uma companhia qualquer, não uma companhia que se faça ouvir com palavras ditas em voz alta, não a companhia diária de quem me vê, mas não me lê.. Sinto falta daquela companhia que me olha e sabe o que se passa, que não precisa que eu fale, que se senta ao meu lado e me dá o ombro, que me deita no seu colo e me afaga os cabelos, que não diz nada, mas todos os seus movimentos são um gesto de amor.
Amor.
Sinto falta de amar..

70 comentários:

  1. Este post é po benfica?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só se for ali a primeira frase.. :)

      Eliminar
    2. O título! Ou a ausência deles xD

      Eliminar
    3. Aaaah!! Hehehehe
      You're mean! :p

      Eliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ... como é que eu vou gozar contigo depois deste texto? Queres subir na minha consideração, é?

      Eliminar
    2. Podes gozar na mesma.. diz que é um texto panasca ou algo assim.. :p
      Longe de mim querer subir na tua consideração! :)

      Eliminar
  3. A cadência dos batimentos baixa e já sentes os músculos relaxados, a descompressão sente-se a cada minuto a cada segundo. A noite ficou mais clara e já não ouves o suspiro do espírito que anseia por companhia com uma intensidade quase claustrofóbica. Estás quase desperto para te e A encontrares. E de repente esticas-te e encontras um pé para aquecer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Diogo, deixa lá ver quando é que posso introduzir esse final ali na história de cima.. :)

      Eliminar
  4. "mesmo quando o corpo pede um mais de calma... a vida não pára".. foi isto que me fizeste lembrar. Isto e a minha condiçao semelhante...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico triste por dois motivos: por te ter lembrado joão pedro pais, e por estares na mesma condição do que eu...
      Acho que a malta tem que criar um clube.. :)

      Eliminar
    2. se me tivesses feito lembrar o andré sardet era pior lol
      Um clube não é mal pensado, não senhora. Organizavamos viagens, festas.. :)

      Eliminar
    3. Ja fiz esse estudo.. Aqui todos odeiam o joao pedro pais e o andre sardet! :p

      Olha que eu começo mesmo o grupo dos solteiros e organizo uma saida! :)

      Eliminar
    4. eu ouço andre sardet e apetece-me bater-lhe. assim já tem motivos para tar sempre a gemer.

      Tens de pensar num nome para o clube lol :)

      Eliminar
    5. aquilo nem é gemer... é outra coisa qualquer muito má... para não falar nas letras brilhantes que saem daquela cabeça iluminada..

      Vou pensar nisso! Depois digo o resultado.. :)

      Eliminar
  5. Epá, tanta aflição até me fez aflição.
    Até se ouve o bater acelerado do coração. :|
    Acalma. Senta-te num canto e espera que a crise passe. lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No time to rest.. esse é o grande problema.. Mas há de passar! ;)

      Eliminar
  6. Se fosse sexta-feira, ainda saberia o que te dizer para animar a coisa. Agora assim, ficou complicado... Sei lá... respira fundo ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes dizer! isto para mim, os dias já deixaram de ter a sua especificidade.. uma segunda é uma quinta, e um sábado é uma quarta.. :)
      É preciso é ideias.. :)

      Eliminar
  7. Olha, olha..queres mimos, é isso?
    Com um post destes nem dá vontade de "gozar" ctgo.
    Nem sei o que te diga..só, talvez, que todos nós já passámos por algo semelhante e que não adianta procurar nem pressionar o destino. Qd menos esperares, vais encontrares. Qd não procurares o Amor vai estar à esquina, à beira de lhe estenderes a mão.
    Tenta acalmar o ritmo, os pensamentos e estar com pessoas que gostam de ti e da tua companhia:)
    Tens que deixar de ser tão exigente:))
    Bjo e um bom dia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oooh, quem é que não gosta de um miminho?
      Pois, mas para meu azar, as ruas por onde passam, nenhuma faz esquinas. lol
      Epá, se há coisa que não faço, é baixar as exigências.. nem a mim, nem para os outros ;)

      Eliminar
    2. :)
      Tens que começar a frequentar outras esquinas;)
      Por um lado tens razão, chegamos a uma determinada fase na nossa vida que é muito difícil baixar parâmetros.
      Compreendo-te perfeitamente.
      Às vezes penso para mim mesma, se não serei eu que estarei errada..Enfim..

      Eliminar
    3. Não tenho tempo para frequentar novas esquinas.. talvez lá para depois dos exames, se tudo correr bem à primeira!
      Posso estar errado para os outros, mas não vou baixar os padrões, porque isso é o correto para mim.. :)

      Eliminar
    4. Precisely:)
      Concentração nos estudos e o resto com calma:)
      The best is yet to come:))

      Eliminar
  8. É um belo texto, é mesmo teu? :P

    Se precisas de calma, para ou põe em standby algum dos teus projetos, para te dedicares mais a outros, afinal não podes querer fazer tudo de uma vez e na perfeição.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, é mesmo meu.. escrito nas notas do aifonas por volta das 5h da manhã, quando finalmente me deitei para descansar e a cabeça começou a pensar nisto.. Saiu assim isto de rajada. Sabia que tinha que o escrever logo, senão fugia! :)

      Infelizmente não posso abrandar o ritmo em nada, e no que já deixei para trás, faz-me falta, que é o desporto..

      Eliminar
    2. Desculpa lá, tu vais dormir às 5 da manhã e ainda escreves um texto destes?!?!?

      Gostava de ser dessas pessoas que com 3h de sono estão frescas como alfaces!

      Eliminar
    3. Foi quando terminei tudo o que tinha para fazer..
      E é nestes momentos, em que o corpo já não aguenta mais, que me saem os melhores textos.. talvez porque todos os filtros estão adormecidos, e a coisa sai natural e sentida..

      Desconfio que a partir de hoje e até ao final desta semana, não devo dormir mais de 4h..

      Eliminar
  9. JASUS! Agora é que foi. O Mustache é sensível?? ;)

    Tudo sentimentos normais...não desejáveis, mas normais. Se for de vez em quando, se for uma fase. E até saudáveis. Fazem-nos perceber o que, de facto, tem importância na nossa vida e onde devemos apostar mais.

    Ânimo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade... ninguém diria que aqui o rapaz até tem alguma sensibilidade.. :)

      Eu sei o que é importante para mim agora, o azar é serem todos igualmente importantes, e descurar de uma, pode arruinar todas as outras..

      Mas isto vai lá! :D

      Eliminar
  10. Quando comecei a ler o texto estava para te perguntar se nem as derrotas do meu SLB te deram uma alegria duradoura, mas depois ao ler o resto achei que era melhor não ir por aí :p

    Amar... Todos precisamos de amar, todos precisamos de tempo para nós, todos precisamos de tempo para parar...

    Vá, arrebita :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, claro que me dão uma alegria, mas é coisa temporária.. até porque foram 3 alegrias seguidas.. :p

      Sinto mesmo falta de amar, é um facto.
      Mas infelizmente, agora não posso parar, a ver se ele me alcança..

      Eliminar
  11. Quem n precisa.
    Procura, pois sempre ouvi dizer que quem procura acha
    =)
    boa sorte
    bjs*

    http://se-tu-saltas-eu-salto.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ali em cima, disseram-me para não procurar que ele aparecerá, tu dizes para eu ir à procura.. Assim fico confuso! :)

      (mas sim, estou mais contigo nisso de levantar o rabo e procurar o que se quer..)

      Eliminar
  12. com tt coisa pra fazeres impossivel arranjares tempo p namorar, e olha k as gajas sao sedentas por atençao

    oh fofinho agora a serio... atingiste-me o coraçao, e olha k isso é raro acontecer

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade Eve, tocaste mesmo no ponto crucial!
      Mesmo que agora surgisse alguma coisa, estou numa fase em que não poderia dar o que eu gosto de dar nas relações, full attention!
      Entre trabalho, aulas, trabalhos para a fac, estudar, lá de vez em quando ir visitar os pais ao fds, e dormir 3horas por dia, sobra-me nada para namorar..

      Espero que não tenha magoado ao atingir.. :)

      (hihihi fofinho... :))

      Eliminar
    2. entao primeiro acaba os estudos e dp namora senao ela acaba ctg pk s keixa d falta d atençao.. e dp vens praki chorar de novo ó fofinho....

      Eliminar
    3. Mas depois acabam os estudos, vou procurar namorada, e nesse tempo em que procuro e não encontro, acabam as férias e depois é mais um ano à seca! :)

      O melhor é arranajr já uma que esteja disposta a um inicio de namoro mais calmo, com a promessa de depois se recuperar o tempo não utilizado! :D

      (quanto mais fofinho me chamas, mais me alegras)

      Eliminar
    4. recuperar o tempo nao utilizado, oh coitada vai andar meses de perna aberta... desgraçada...lool

      beijos FOFINHO

      Eliminar
    5. Mesmo durante o periodo de tempo menos utilizado, é natural que isso aconteça.. ;)

      Eliminar
  13. Oh homem, tu precisas é de uma queca e isso passa-te logo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha, admira-te!
      E haja alguém que sugira coisas palpáveis! :D
      hahaha

      Eliminar
    2. Conta comigo para essas coisas, sempre!

      Eliminar
  14. Pronto lixaste tudo!Isto que escreveste é tão EU!
    Mas pronto li e já passou :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também escrevi e depois aliviou..
      às vezes só é preciso deitar cá para fora! :)

      Eliminar
    2. Deixei a escrita ha algum tempo...

      Eliminar
    3. Eu já quase que a deixei há uns tempos atrás, mas o vicio (paixão) falou mais forte.. ;)

      Algum motivo para o teres feito?

      Eliminar
    4. quem sabe um dia conto te ;)

      Eliminar
    5. Ficarei à espera.. :)

      Eliminar
  15. "Envolvência. Sinto a sua falta.. De me envolver com outro corpo, de me entrelaçar com outro espirito, de viver com outra alma. De sentir ao meu lado outro calor que não o dos cobertores durante a noite.
    Noite. É durante a noite que tudo é mais dificil, que tudo se torna mais pesado, que tudo se torna mais real. É durante a noite que, no escuro do quarto e no silêncio só cortado pelo suspiro, que o cérebro se perde na imensidão da imaginação.
    Imaginação. Imagino-me noutro lugar, noutro tempo, noutro estado de espirito.. Não sozinho, mas acompanhado.
    Companhia. Sinto falta de companhia. Não uma companhia qualquer, não uma companhia que se faça ouvir com palavras ditas em voz alta, não a companhia diária de quem me vê, mas não me lê.. Sinto falta daquela companhia que me olha e sabe o que se passa, que não precisa que eu fale, que se senta ao meu lado e me dá o ombro, que me deita no seu colo e me afaga os cabelos, que não diz nada, mas todos os seus movimentos são um gesto de amor.
    " - vou ali roubar-te isto e já volto! :/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes levar o que quiseres deste blog.. frases, paragrafos, textos! não me importo.. :)
      E nem precisas dizer de onde o retiraste.. podes até dizer "incógnito". :)
      Se alguém quiser levar daqui alguma coisa, é sinal que gostaram mesmo, e isso deixa-me muito feliz.. :)

      Eliminar
  16. tens mesmo que encontrar uma mulher que te faça sentir leve.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas está tão dificil... e o tempo para procurar tão escasso.. :(

      Eliminar
    2. Eu disse que tinhas de encontrar e não procurar. É diferente...

      Eliminar
    3. Tens razão...posso ser eu a ser procurado e encontrado.. :)

      Eliminar
  17. Cheguei aqui hoje e gostei muito deste post.
    Parabéns!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado! :)
      daqui a pouco também já vou cuscar o teu.. ;)

      Eliminar
  18. Eu cá acho que devias aparar um pouco essa barbalhona. Acho que é por isso que ainda estás sozinho xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Achas? eu cá tenho a certeza! hehe
      Mas como agora não tenho tempo, e como tirar a barba é igual a assédio constante, tenho mesmo que a deixar ficar.. :)

      Eliminar
    2. Apara a barbalhona faxaboriii :P

      Eliminar
    3. hahahaah never!! :D

      Eliminar
    4. pronto és ruim! eu pedi so pra aparar :P

      Eliminar
    5. Assim não vais arranjar gaja..
      E dizes tu que gostas de trincar uma boa febra...
      Hummmmmmm

      Eliminar
    6. Se eu quero que fique tipo zz top, não posso aparar.. :)

      Só trinco febras que queiras sentir as barbas a fazer cócegas pelo corpo delas.. :D

      Eliminar
    7. Well, good luck with that!!
      E eu aqui, ingénuazinha, a pensar que eram outro tipo de febras:(
      Febras daquelas, sabes? q já estão mortas e se põem dentro do pão..
      Afinal havia 8!!!

      Eliminar
    8. mais uns tempos e a gaja começa a ganahr a forma pretendida (a barba).

      Pois, eu já não tava a falar dessa xixa ha muito tempo.. hahaha

      Eliminar
  19. Eu ia sugerir o que alguém já sugeriu... Uma bela duma pinocada! Ou duas vá, vou ser amigo!

    Olha, aproveita estes momentos... são eles que vão dar um maior significado (e sabor) a tempos melhores!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. yah, porque eu quero e pino! lool Duas, só se for com a mesma, porque se não consigo arranjar uma, quanto mais duas! :D

      I know that bro! :D

      Eliminar
  20. Entendo-te bem pá... Mesmo...
    Um abraço e força aí

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isto com calma vai tudo ao sitio.. :)

      Eliminar

Não é por nada, nem quero influenciar ninguém, mas diz que quem comentar neste blog, é uma pessoa espetacularmente espetacular!