quarta-feira, 15 de maio de 2013

Os 3 tipos de sexo masculino..

Cada vez se fala mais nas diferenças entre o antigamente e o hoje.. Que já nada é como era.. Que está tudo trocado.. O que dantes era bom, hoje é posto completamente de lado.. Que os padrões da sociedade em relação a homens e mulheres estão tão deturpados, que às vezes torna-se difícil distinguir os géneros! E se isto é evidente nos gajos? Ai não que não é!! E por isto, eu agrupo os elementos do sexo masculino em 3 tipos!

O Hóme.
O Hóme é aquele gajo à antiga. Tem pelo na cara, tem pelo no peito, não se preocupa se a roupa está toda engomada ou o cabelo desgrenahdo. Isso faz parte do seu charme. Usa apenas after-shave e desodorizante. Sabe o que quer da vida e sabe o que quer de uma mulher! Não quer uma mulher submissa.. quer uma mulher que lhe dê luta.. que lhe resista aos encantos da sua virilidade. É um gajo que toma as decisões, que quando a mulher pergunta o que hão de fazer, ele diz imediatamente para ela se ir deitar na cama e preparar o corpinho, ou para vestir um vestido porque a vai levar a jantar. Não quer saber de modas e segue o seu próprio estilo. Quando vai na rua, não perde tempo a galar as gajas com os olhos. Ele sabe que a sua presença é notada e quando passa mais perto delas, as pernas delas tremem e a face ruboriza. Sabe agradar a uma mulher a todos os níveis, percebe rapidamente o que ela gosta, e consegue satisfazê-la. Não tem medo de experimentar coisas novas na cama, desde que daí advenha prazer para os dois. Nos dias de hoje, é um espécimen raro, no entanto, quando encontrado, fará as delicias dessa sortuda.

O homem.
O homem é aquele gajo que já se preocupa demais com o aspeto do seu corpo. Vai ao ginásio e passa 1hora a levantar peso. Já depila o peito e vai atrás daquilo que as gajas consideram como o ideal masculino. Perfuma-se, penteia o cabelo, usa gel. Não tem a certeza daquilo que quer nem para onde quer ir. O seu ideal de mulher é aquela que lhe der dois dedos de conversa, mas muito mais do que isso não, porque manter uma conversa durante muito tempo, torna-se uma tarefa bastante complicada. Veste-se de acordo com aquilo que os gajos famosos usam, tem as roupas da moda, os óculos da moda, ouve a música da moda. Quando vai na rua, olha para as gajas de alto a baixo e ainda é capaz de mandar um piropo foleiro que tira a tesão toda à gaja, mesmo que ela o tivesse achado engraçado. No campo sexual, está mais preocupado com o seu prazer, do que explorar as maravilhas do corpo feminino. É rápido, impulsivo, desatento, deixa muitas vezes a mulher a pensar que tem que ir à casa de banho terminar o serviço. Explorar coisas novas está fora de questão, pois achasse muito homem, e que homens não fazem certo tipo de coisas. É talvez o espécimen que mais vigora na sociedade, ideal para a mulher que procura um momento de paixão fugaz, mas nunca para uma mulher que queira uma relação que a deixe nas nuvens.

O homenzinho.
O homenzinho é aquele gajo que já quase não é gajo. Depila o peito, as costas, as pernas, as sobrancelhas, tem madeixas no cabelo, se for preciso usa um pouco de maquilhagem. Não faz ideia daquilo que quer da vida. Não faz ideia do que quer numa mulher, porque também não sabe se quer uma mulher ou um homem. Usa roupas com cortes femininos, com decotes, calças demasiado justas que apertam os tomates e, algumas vezes, até os empurram para dentro. O seu estilo é igual ao estilo dos outros homenzinhos, com quem passa grande parte do tempo a falar sobre roupa e sobre a vida dos outros. Se tiverem uma mulher a seu lado, antes de saírem num programa a dois, é ele que passa mais tempo a escolher a roupa, a ver se o cabelo está bem, se os sapatos combinam com a camisa e se as calças combinam com o relógio. Usa perfume em excesso. Faz a gaja esperar na sala enquanto ele se põe bonita. Passa bem sem sexo, porque mais uma vez não sabe bem se o quer fazer com homens ou mulheres. Talvez o queira fazer com os dois, mas não se consegue decidir. Muitas vezes assumem-se como gays, pois a sua realidade está tão deturpada, que lhes parece a opção mais lógica. É facilmente detetado pelas mulheres, que depressa se afastam, ou nem sequer se aproximam. Choram baba e ranho, por lhes acontecer isto mesmo. Infelizmente, parece-me ser um espécimen a ganhar espaço na sociedade, principalmente nas faixas etárias mais adolescentes (16-20anos).


Espero que isto vos seja útil. Não sei onde cada um se coloca, mas eu estou claramente no 1º grupo.
Se és gajo e achas que estás no 2º ou mesmo no 3º grupo (lembro que aqui, já praticamente és um ser castrado), reflete um pouco e tenta subir de patamar. Se és gaja, e ainda não te relacionas com os membros do 1º grupo, lembro-te que a mudança, quando positiva, é sempre uma mais valia.

40 comentários:

  1. nunca tive dúvidas, mas agora tenho a certeza: eu gosto de HOMES!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. hahaha se ainda não tiveres um, espero que o consigas encontrar! :D

      Eliminar
    2. ai vida tão triste que isto está difícil. queres te candidatar?! tens pêlo na cara...

      Eliminar
    3. hahaha tenho que preencher algum formulário? :)
      pelo na cara é o que não me falta! :D

      Eliminar
    4. não. se és solteiro e jeitoso, com pêlo na cara, maravilha! estás aceite! a lista não é muito grande xD

      Eliminar
    5. hahaha
      sou solteiro, não sou de deitar fora, tenho bastante pelo na cara, e sou maravilhoso! :D
      essa lista é a dos requisitos, ou a dos candidatos? :p

      Eliminar
  2. Gostei das descrições das três espécies.

    Agora fiquei mais esclarecida acerca de tipo tenho de procurar :)

    ResponderEliminar
  3. Heyyy mas eu gosto do 2 e do 3! Esse teu bigode.... Começa a mexer comigo. O bigode e a barba do Barbas. Coooissa liiiinda!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que gostas do 2 e do 3.. podes mandar neles como quiseres que eles são mais virados para a submissão!
      E minha barba ainda não está como a do Barbas, mas para lá caminha! haha

      Eliminar
  4. Não gosto da totalidade do que descreves no ponto 1. Lamento... terias que fazer um tipo 4, onde um HÓME, sem ser do tipo 2 ou 3, que não precise de barba para ser homem, que tenha cuidado com a roupa que veste e com o cabelo que tem e que não seja machista ao ponto de "tomar as decisões". As mulheres já são livres. Agradecida pela atenção :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora essa, sempre à disposição. :)
      Ali o pelo na cara, nem era tanto no sentido de barba, mas sim mais aquela expressão de pelo na venta, de irreverência. Eu não disse que o homem não tinha cuidado com a roupa que veste, apenas que tinha o seu próprio estilo, mesmo que isso fosse uma espécie de imagem descuidada, que deixa as mulheres a pensar "Como é que aquele gajo assim vestido e com o cabelo desgrenhado, me está a atrair tanto?.."
      Hóme que é Hóme, não é machista! ;)

      Eliminar
    2. aaah e não é o gajo tomar todas as decisões, mas um gajo que quando a mulher lhe pergunta o que hao de fazer, ele da-lhe uma resposta concreta em vez de um aaah não sei, decide tu... por mim fazemos qualquer coisa, desde que tu gostes..! Diz lá que isto não corta um pouco a pica à coisa?!.. :)

      Eliminar
    3. Não, nem sempre! Também "faz falta" sentir que ele se interessa pelo que nós gostamos/queremos fazer.

      Eliminar
    4. Ou não me estou a explicar bem, ou não tás a entender.. :) Imagina que tás sem ideias, e que perguntas ao teu namorado o que é que podem ir fazer. Ao que ele te responde que não sabe, não faz ideia! e ficam ali os dois a olharem para a frente sem haver uma decisão.. Agora tu não sabes o que fazer, pedes por ideias ao teu namorado e ele prontamente diz-te uma coisa, que se calhar até é algo que tu adoras fazer e nem te tava a passar pela cabeça.. :)
      É a isto que me refiro.. ;)

      Eliminar
  5. E há o Zé Castelo Branco. ahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, esse está numa categoria completamente diferente destas todas! hehehe

      Eliminar
  6. Epah eu cá gosto do Home mas com um certo je ne sais quois do Homem. Esse sim, era o gajo perfeito...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De certeza que o vais encontrar, que eles também por aí os há, os intermédios! :D

      Eliminar
  7. Já encontrei o espécime perfeito!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens mais sorte que muitas, então! :D
      E queres revelar em que grupo se encaixa? :)

      Eliminar
  8. Ó Mustache, no ponto 1 só te falta falar na porrada que ele dá à mulher. Eu penso que gosto do ponto 1.2, algo entre o Home e o Homem. Gosto que eles sejam agradáveis ao olhar, mas que não percam o carisma do sexo forte (?!?!?).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque é que haveria de dar porrada na mulher, se o Hóme é aquele que, mais do que todos, a sabe valorizar e estimar, que a percebe e que a faz sentir segura.. E isto é mesmo isso que queres dizer com "sexo forte".. :)
      Sim, um Hóme com algumas nuances de homem, poderá também ser um bom ponto de partida para uma relação. E o que vale é que agora, há mesmo gostos para tudo! :D

      Eliminar
  9. Não me identifico com a totalidade do ponto 1, porque também gosto de usar perfume como os do ponto 2 xD

    Mas sim, inclino-me mais para o ponto 1. Sobretudo no seguinte:

    - "Sabe o que quer da vida e sabe o que quer de uma mulher! "

    - "Não tem medo de experimentar coisas novas na cama, desde que daí advenha prazer para os dois."

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que hoje em dia, alguém dificilmente se enquadra a 100% no grupo 1, mas acredito que os haja.
      Mas acho que esses dois aspetos que referistes, são talvez, os que fazem a maior diferença.

      Eliminar
  10. Creio que falta aí o Homenzarrão, uma espécie de super-herói não assumido, que combina qualquer uma das vertentes das outras categorias, mas sempre com a escolha certa.

    Depila o peito? Sim, mas só os dentes de crocodilo que matou (ou vá lá, comprou a aborigenes) no seu último walkabout na Austrália (ou vá lá, na Brandoa). Bate na mulher? Talvez, mas só em situações em que ela entenda isso como um ligeiro boost erótico, mostrando que apesar de ter mãos de lenhador, também tem unhas para tocar guitarra e o toque delicado de pianista (vá lá, de tocador de acordeão).

    Havia muito mais para dizer, mas não posso partilhar os meus segredos assim à bruta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É certo que seria capaz de criar mais grupos, e sub-grupos, mas acho que estes são os 3 grandes. E a mulherada até pode tentar encontrar aquele gajo que junte um pouco daquilo que ela gosta em cada grupo e ser muito feliz.

      Só não entendo porque é que quase toda a gente pensa que o Hóme bate na mulher! Claro que não, a não ser como dizes, e muito bem, se a mulher entender isso como boost erótico, e nunca fora desse contexto.

      Sim, não convém espalhares muito os segredos pelo vento, porque nada melhor do que ser unico no mercado!

      Eliminar
  11. Obrigada!!! Agora tenho a certeza que HOMES na minha vida é uma cena que nao me assite... Eu já desconfiava, mas não gosto de viver com dúvidas!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viver na incerteza é a pior coisa que nos pode acontecer. Mais vale saber a verdade, mesmo que má. Vais ver que um dia ainda vais ter a sorte de encontrar um Hóme! :)

      Eliminar
  12. E com isto digo o que se segue com todo o gosto e orgulho: o meu namorado é um Hóme!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E por esta resposta, dá para perceber que te faz bastante feliz! :D
      Tens mais sorte que algumas meninas que por aqui têm passado! :)
      Parabéns! ;)

      Eliminar
    2. Realmente é mesmo sorte. Já o conhecia há algum tempo mas depois desencontramos-nos. No ano passado voltamos a cruzar-nos no mesmo sítio onde nos conhecemos no início e pronto. Ele é realmente muito boa pessoas, bom amigo e bom namorado. Tenho mesmo muita sorte.

      Eliminar
    3. Então tava mesmo "destinado" a acontecer!
      É bom ainda conhecer histórias felizes!
      Que se amem para sempre! :D

      Eliminar
  13. Acho que o que mais se adequa à minha pessoa é o primeiro, mas com mais alguns cuidados, que isso de andar com roupa enrodilhada não é sexy :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. hehehe com jeitinho vais encontrar um Hóme que se adeque às tuas medidas, nem que tenhas que lhe passar a roupa a ferro, às escondidas! :D

      Eliminar
    2. Ná, eu vou encontra um hóme que já saiba passar roupa a ferro, passa a roupa dele e a minha :P

      Eliminar
    3. Eu sei, mas dispenso bem! e demoro muito tempo, como podes ver/ler aqui:

      http://nowmustache.blogspot.pt/2012/12/acerca-de-passar-ferro.html

      E boa sorte nessa demanda! :D

      Eliminar
  14. Sobre a introdução cito o filósofo Sócrates, o grego, não o português:

    "Os jovens de hoje gostam do luxo.
    São mal comportados,
    desprezam a autoridade.
    Não têm respeito pelos mais velhos
    e passam o tempo a falar em vez de trabalhar.
    Não se levantam quando um adulto chega.
    Contradizem os pais,
    apresentam-se em sociedade com enfeites estranhos.
    Apressam-se a ir para a mesa e comem os acepipes,
    cruzam as pernas
    e tiranizam os seus mestres."

    Sobre o artigo, claramente que me identifico no primeiro grupo, assim só naquela.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Opá, até já recebo citações de gajos conhecidos feitas por gajos importantes! :p

      André, nem eu tenho qualquer dúvida que está no grupo 1!! Grande, forte, barbudo, peludo, charmoso! Um portento de Hóme! :D

      Eliminar

Não é por nada, nem quero influenciar ninguém, mas diz que quem comentar neste blog, é uma pessoa espetacularmente espetacular!