sábado, 9 de março de 2013

Odeio hipermercados..

Para mim existem vários sitios na Terra comparáveis ao inferno, e coisas piores do que uma tortura daquelas por afogamento.

Estes sitios são os hipermercados, e a tortura é ter que lá ir!
Pior ainda se lá tiver que ir num fim-de-semana!

Mas eu até gosto de ir às compras, gosto de escolher as minhas coisas, gosto de ver os produtos todos bonitos nas montras, gosto até de ver algumas meninas que por lá andam a laurear a pevide. Do que não gosto, é de todas as outras pessoas que por lá andam!

Hoje tive que lá ir, ao Continente de Telheiras, porque já estava a precisar, e para não demorar muito tempo por lá e evitar de ter que percorrer os corredores todos enquanto me tento lembrar do que precisava comprar, até fiz uma lista:

3 pacotes de 1L leite (de cavalo, porque vaca é muito mainstream)
Iogurtes (bolacha maria e banana, marca continente)
Cereais (forte em chocolate la la la)
Cookies (para a engorda e momentos de solidão)
Comida (daquela já feita que é só meter no microondas)
Shampo (para o cabelo)
Condicionador (para a barba e bigode)
Desodorizante (por motivos vários)
Material escolar (uns cadernos)

Coisa pouca, e pensei cá para mim mesmo que não deveria demorar mais de 30mins. Obviamente que me enganei!

Começou logo mal quando fui ao multibanco para levantar dinheiro. Claro que num mundo ideal onde eu vivo sem outras pessoas à minha volta, chegava e usava a máquina, mas como parece que tenho o dom de escolher a pior altura para o que quer que seja, estavam duas pessoas para usar o multibanco, e a que já a estava a usar decidiu que aquele preciso momento era a ocasião ideal para carregar 5 telemóveis, pagar as contas todas de casa, ver o saldo, fazer uma transferencia, enganar-se várias vezes para repetir tudo do inicio, e ainda levantar 10€! Ou seja, dos 30mins que pensei demorar, já tinha gasto 15 só para levantar dinheiro!

Depois é a tortura de andar pelos corredores para efectivamente fazer as compras... É que aquilo mais parece um autentico cenário de guerra que pode levar à insanidade qualquer pessoa! E encontra-se lá de tudo!
É as pessoas velhotas que não conseguem dar mais do que 5 passos seguidos sem terem que parar para descansar. E que depois vão com as amigas todas do bairro e ocupam a secção dos produtos de limpeza e das bolachas por completo. Às vezes penso mesmo que elas organizam excursões para irem às compras.
É os casais de namorados, muito apaixonados, que vão sempre de mão dada, cada um com um cestinho de cada lado, ocupando por completo a largura dos corredores, que vão naquele passo de passeio de jardim, e que ainda se param para dar uns beijinhos.
São as crianças que por lá andam a correr e a gritar e a chorar e a mexer nas compras dos outros e a derrubar coisas, e os paizinhos sem se preocuparem minimamente com o que eles andam a fazer. Acho mesmo que muitos pais até o fazem de propósito só para ver se as crianças fogem. E depois ainda temos aquelas crianças já mais velhas, que querem ser eles a levarem os carrinhos, mas que depois não têm força para os segurar, nem altura para ver o que está à frente deles, atropelando tudo o que esteja no caminho deles, e claro, mais uma vez os pais estando nas tintas para o que eles andam a fazer!

Se conseguirmos sobreviver a tudo isto, sem nos deitarmos no chão, dobrados e a gritar que nem os louqinhos, ainda temos a batalha final: fazer o pagamento!
Normalmente existem cerca de 50caixas de pagamento, mas apenas 10 estão a funcionar. As outras 40, têm lá um funcionário a olhar para a caixa e a dizer "não não, esta caixa não está aberta, tem que ir para outra.". O que eu faço na maioria das vezes é procurar a caixa onde esteja a rapariga mais jovem a atender as pessoas, e hoje neste aspecto tive bastante sorte. Para além de ter sido uma jovem bem gira, era também bastante simpática e até me meteu as compras logo no saco. (Mas hey, eu sei que tenho um charme especial). E só por isto, nem vou dizer mal do pessoal da caixa, apenas referir que a maioria das vezes somos atendidos por pessoas que gostam tanto do que fazem, assim como eu gosto de favas (eu não gosto de favas)! Outra coisa que me tira completamente do sério, são as pessoas que se metem na fila atrás de mim, que não têm a minima noção do que é o espaço pessoal dos outros! E quando eu estou na fila, é vê-las a encostarem-se a mim! Ora, eu como não compro muitas coisas, levo um daqueles cestos de rodinhas, e quando quero tirar as coisas de lá, ele está no chão, e tenho que baixar a cabeça. E é nestas alturas que ou fico a 10cms ou das virilhas ou do cagueiro de alguém. E quando estou de pé, estão tão em cima de mim, que os consigo ouvir a respirar e a arfar na direção da minha nuca e orelhas, e isto é coisinha para me arruinar por completo o resto do dia.

Resumindo, odeio ir às compras por tudo o que disse acima, se pudesse batia em 80% das pessoas que por lá andam a passear, e afinal, os 30mins que pensei demorar acabaram por se transformar em 1h20m!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Não é por nada, nem quero influenciar ninguém, mas diz que quem comentar neste blog, é uma pessoa espetacularmente espetacular!